Acessibilidade a Programação da TV Digital Interativa Adaptada às Necessidades dos Deficientes Visuais: Diretrizes Básicas

Autores

  • Giorgio Gilwan da Silva UNIVALI - Universidade do Vale do Itajaí

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar à acessibilidade de pessoas com deficiências visuais, auditivas ou cognitivas, com as programações da TV digital. E, com isso, garantir o acesso a todos os portadores de qualquer deficiências a informação e conhecimento digital. Mapeando fatores que embasam as recomendações de acessibilidade. Com diretrizes básicas físicas, sensoriais ou motoras reduzidas, com vistas às deficientes visuais. Para os procedimentos foi aplicado o método de pesquisa qualitativa, exploratória. A análise dos resultados foi aplicada o do discurso do sujeito coletivo. Os resultados evidenciaram que os equipamentos de acesso a navegação à televisão, comercializado hoje, não fazem interação com pessoas com ausência de visão e a acessibilidade não existe. 

Biografia do Autor

Giorgio Gilwan da Silva, UNIVALI - Universidade do Vale do Itajaí

Designer Gráfico formado na UDESC, Especialização em Design Gráfico e Estratégia Coorporativa e Mestrado na Engenharia e Gestão do Conhecimento UFSC. 

Coordenador dos cursos superiores de Tecnologia em Design Gráfico e Fotografia e Bacharel e Design de Jogos e Entretenimento Digital. 

Downloads

Publicado

2016-08-04