Ergonomia, design e gamificação como instrumentos para a educação

Autores

  • César Augusto Domingos Filho Departamento de Design Universidade de Brasília (UnB)
  • Marcelo Egídio Brasileiro do Vale Departamento de Design Universidade de Brasília (UnB)
  • Tiago Barros Pontes e Silva Departamento de Design Universidade de Brasília (UnB) http://orcid.org/0000-0003-2149-5973
  • Francisco George de Sousa Lopes Departamento de Design Universidade de Brasília (UnB)

DOI:

https://doi.org/10.5965/2316796309172020163

Resumo

O estudo busca compreender e transformar a interação entre professor e alunos no processo de aprendizagem de física na modalidade presencial de Ensino de Jovens e Adultos. Para tanto, foram adotadas as abordagens de ergonomia, design e gamificação para buscar um processo indutivo de diagnóstico e também uma solução que amplie o engajamento dos estudantes. Portanto, a partir da compreensão do seu contexto, suportes, constrangimentos, motivações e metas, foram concebidas soluções estruturais para a organização das atividades, assim como seus suportes em interfaces analógicas e digitais. Ao se adotar uma abordagem que considere a complexidade da realidade na atividade projetual, constatou-se uma maior aderência das soluções concebidas, demonstrando o seu potencial de transformação social, capaz de conectar indivíduos de maneira mais significativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

César Augusto Domingos Filho, Departamento de Design Universidade de Brasília (UnB)

Bacharel em Design pela Universidade de Brasília. Trabalha como designer na empresa Ekoá Jogos e Gamificação.

Marcelo Egídio Brasileiro do Vale, Departamento de Design Universidade de Brasília (UnB)

Bacharel em Design pela Universidade de Brasília. Participei dos programas: Jovens Talentos para a Ciência de 2013-14 na UnB, Brasília, Brasil; no programa Ciências Sem Fronteiras de 2014-2015 no qual fui para The New School na cidade de Nova Iorque, NY, EUA.

Tiago Barros Pontes e Silva, Departamento de Design Universidade de Brasília (UnB)

Professor do Departamento de Design da Universidade de Brasília (UnB) desde 2006. Membro do Programa de Pós-Graduação em Design, atua na área de Design de Interação com foco em sistemas complexos, interfaces para web, portabilidade, ubiquidade, redes sociais e jogos. Doutor em Arte pela Universidade de Brasília na linha de Arte e Tecnologia, na qual realizou uma pesquisa no campo da Arte Computacional Evolutiva sobre Vida Artificial, sistemas autopoiéticos e emergência. Mestre em Psicologia pela Universidade de Brasília com ênfase em Ergonomia Cognitiva aplicada a ambientes e interfaces, estudou a apresentação da informação em artefatos portáteis. Bacharel em Design formado nas Habilitações de Projeto de Produto e Programação Visual pela Universidade de Brasília.

Francisco George de Sousa Lopes, Departamento de Design Universidade de Brasília (UnB)

Professor da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF) e programador visual da Secretaria de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB). Mestre em Design pela Universidade de Brasília na linha Design de Informação e Interação na qual realizou uma pesquisa sobre o impacto de uma abordagem de design na criação de estratégias de ensino-aprendizagem para conteúdos de Física da educação básica. Licenciado em Física (2007) e Bacharel em Design formado na habilitação Programação Visual (2013), ambos pela Universidade de Brasília (UnB).

Downloads

Publicado

2020-12-15

Como Citar

DOMINGOS FILHO, C. A.; DO VALE, M. E. B.; SILVA, T. B. P. e; LOPES, F. G. de S. Ergonomia, design e gamificação como instrumentos para a educação. Human Factors in Design, Florianópolis, v. 9, n. 17, p. 163-184, 2020. DOI: 10.5965/2316796309172020163. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/hfd/article/view/2316796309172020163. Acesso em: 7 dez. 2022.