ELETROMIOGRAFIA EM ERGONOMIA NO BRASIL: ESTADO DA ARTE. UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DE LITERATURA.

Autores

  • Lincoln Silva Universidade Federal de Santa Catarina
  • Eugenio Andrés Díaz Merino

DOI:

https://doi.org/10.5965/2316796309172020034

Resumo

A eletromiografia (EMG) é um método quantitativo reconhecidamente útil na avaliação ergonômica. Contudo, não há estudos que demonstrem como este método tem sido utilizado em ergonomia no Brasil. O objetivo deste estudo é verificar em que casos a EMG está sendo utilizada e os procedimentos adotados em ergonomia no Brasil, por meio de uma revisão sistemática de literatura. Foram selecionados 41 estudos. O setor industrial, serviço de escritório com uso de computador e tecnologia assistiva foram os temas mais abordados. Os músculos mais acessados se relacionam aos membros superiores, cervical e coluna lombar. Em conjunto a EMG, destacando-se o uso de questionários, cinemetria e dinamometria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-15

Como Citar

SILVA, L.; MERINO, E. A. D. ELETROMIOGRAFIA EM ERGONOMIA NO BRASIL: ESTADO DA ARTE. UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DE LITERATURA. Human Factors in Design, Florianópolis, v. 9, n. 17, p. 034-057, 2020. DOI: 10.5965/2316796309172020034. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/hfd/article/view/2316796309172020034. Acesso em: 7 dez. 2022.