HUMAN FACTORS AT WORK: OWAS APPLICATION FOR IDENTIFICATION OF MUSCULOSKELETAL DISORDERS IN A MAINTENANCE ASSISTANT

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2316796308162019082

Resumo

The activities of maintenance and cleaning of swimming pools require several efforts and postures that could cause discomfort and injuries. In this way, this research aimed to identify, applying the OWAS method, the musculoskeletal disorders that affect these workers. The results obtained have made it possible to identify the risks and consequently actions to reduce or eliminate them. The most critical posture identified was the kneeling pose when he is brushing the sides of the swimming pool. To eliminate this posture, it is proposed to change a manual brush to a brush with telescopic stick, designed with an angle that allows the worker to stand upright without flexed his trunk while cleaning the pool.  This change improves the working conditions, providing well-being and reducing as negative consequences.

Biografia do Autor

Carmen Elena Martinez Riascos, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Faz parte da equipe do Núcleo de Gestão de Design e Laboratório de Design e Usabilidade da UFSC (NGD/LDU-UFSC). Membro da Rede de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologia Assistiva (RPDTA). Possui graduação em Engenharia Industrial pela Universidad de Valle; especialização em Higiene e Segurança Industrial pela Universidad Autónoma de Occidente; mestrado em Energia pela Universidade Federal do ABC; auditora interna em Sistemas Integrados de Gestão de ISO 9001, ISO 14001, e OHSAS 18001 pela Universidad Piloto de Colombia - Bureau Veritas business school.

Leandro Lopes Pereira, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Possui graduação em Design pelo Centro Universitário Franciscano (2003) e mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Maria (2006). Foi professor do curso de Design do Centro Universitário Franciscano - UNIFRA (2004-2010). É Professor Adjunto do Departamento de Design da Universidade Federal da Paraíba - UFPB. Tem experiência em Projeto de Produto, atuando principalmente nos seguintes temas: métodos de design, design universal, sustentabilidade e fotografia. Atualmente é doutorando do Programa de Pós Graduação em Design da Universidade Federal de Santa Catarina, na área de Gestão de Design.

Leila Amaral Gontijo, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Possui graduação em Desenho Industrial pela Fundação Mineira de Arte Aleijadinho (1977), mestrado em Ergonomie - pelo Conservatoire National des Arts et Metiers (1983) , Doutorado em Ergonomia - Université de Paris XIII (Paris-Nord) (1987), na França, e Pós doutorado na Universidade de Lund, na Suécia (1998-1999). Atualmente é Professora Titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Atua na área de Engenharia de Produção, com ênfase em Ergonomia bem como em projeto de produto, tratando principalmente dos seguintes temas: ergonomia e projeto do trabalho, trabalho agrícola, ergonomia cognitiva, análise do trabalho, usabilidade, projeto de produto e Design.

Giselle Merino, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE

Pesquisadora CNPq (PQ 2) na área de Desenho Industrial. Professora permanente do Programa de Pós-graduação em Design da Universidade Federal de Santa Catarina (Florianópolis) e do Programa de Pós-graduação em Design da Univille (Joinville). Pós Doutora em Fatores Humanos pela Universidade do Estado de Santa Catarina em convênio com a Universidade Politécnica de Valencia, Espanha (2017). Doutora em Engenharia de Produção, com ênfase em Engenharia do Produto e Processo na linha de pesquisa de Metodologias de Projeto de Design pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014). Mestre em Design pelo Programa de Pós-Graduação em Design na linha de Gestão de Design, pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Graduada em Desenho pela Universidade do Estado de Santa Catarina (1997). Cursos na Universidade de Salamanca (Espanha). Possui formação em Processos Grupais e Coordenação de Equipes. Coordenadora de Projetos do Núcleo de Gestão de Design e do Laboratório de Design e Usabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina desde o ano de 2000. Ministra disciplinas de: Gestão de Design; Design Centrado no Usuário; Ergonomia e Usabilidade em Produtos e Serviços; Metodologias de Projeto de Design; Projeto de Embalagem; Tecnologias Assistivas, dentre outras. Orienta alunos de graduação e pós-graduação em níveis de especialização, mestrado e doutorado. Membro da Rede de Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologia Assistiva (RPDTA). Possui como foco de pesquisa: Gestão de Design, Design Centrado no Usuário, Tecnologia Assistiva, Design Universal/Inclusivo em Produtos e Serviços.

Eugenio Merino, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Possui graduação em Desenho Industrial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é professor Titular da Universidade Federal de Santa Catarina e coordena o Núcleo de Gestão de Design e o Laboratório de Design e Usabilidade. Tem experiência na área de Design, com ênfase em Gestão de Design, Design Universal, Design Inclusivo e Design Saúde, e na área de engenharia, especificamente com ergonomia, produto e processo. Participa dos programas de pós-graduação em Design e Engenharia de Produção ambos da UFSC. Faz parte do grupo de avaliadores do INEP/MEC e do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina na avaliação de cursos. Realizou Estagio Sênior na Universidad Politécnica de Valencia (Espanha - CAPES). É pesquisador CNPq (PQ1C), Coordenador do Comité Assessor do CNPq (CA DI) e líder do grupo de pesquisa em Gestão de Design. Coordenador Adjunto da área de Arquitetura, Urbanismo e Design (CAPES).

Downloads

Publicado

2019-11-20