USO DO EYE TRACKING PARA OBTENÇÃO DE MEDIDAS QUANTITATIVAS EM TESTES DE USABILIDADE: UM ESTUDO FOCADO NA MEDIDA DA SATISFAÇÃO

Autores

  • Aline Girardi Gobbi UFSC
  • Eugenio Andres Díaz Merino UFSC
  • Giselle Schmidt Alves Díaz Merino UFSC - UDESC
  • Leila Amaral Gontijo UFSC

DOI:

https://doi.org/10.5965/2316796306112017106

Resumo

As três principais métricas adotadas para a avaliação da usabilidade são a eficácia, a eficiência e a satisfação. Porém, a satisfação é usualmente medida por meio de questionários, entrevistas ou protocolos verbais, o que gera resultados subjetivos e/ou dados qualitativos que podem não ser confiáveis. O eye tracking é uma ferramenta que vêm sendo utilizada em testes de usabilidade, trazendo dados quantitativos e , portanto, resultados mais precisos. O objetivo desta pesquisa é verificar se e como estão sendo feitas as medidas de satisfação utilizando o eye tracking. Para cumprir com este objetivo, foi realizada uma Revisão Sistemática nas principais bases de dados internacionais e nacionais, na busca por artigos publicados em periódicos e revisados por pares. Foram encontrados 90 resultados sobre este tema na data da pesquisa, porém, percebe-se que há um interesse crescente na área e algumas indicações de como os dados obtidos por meio do eye tracking podem ser utilizados para medir a satisfação do usuário em testes de usabilidade.

Biografia do Autor

Aline Girardi Gobbi, UFSC

Formada em Design - Hablilitação DEesign Gráfico pela UFSC, mestre em Design pelo PPG Design UDESC na área de Fatores Humanos - Interações Comunicacionais e Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGEP- UFSC) atuando na área de Ergonomia.

Eugenio Andres Díaz Merino, UFSC

Possui graduação em Desenho Industrial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Giselle Schmidt Alves Díaz Merino, UFSC - UDESC

Pesquisadora e Professora do Programa de Pós-graduação em Design da Universidade Federal de Catarina. Realiza pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em Design da Universidade do Estado de Santa Catarina em convênio com a Universidade Politécnica de Valencia, Espanha (permanência de dezembro de 2015 a fevereiro de 2016, atividades de atualização e intercâmbio cientifico). Doutora em Engenharia de Produção, com ênfase em Engenharia de Produto e Processo linha de pesquisa metodologias de projeto de Design pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014). Mestre em Design pelo Programa de Pós-Graduação em Design pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Graduada em Desenho pela Universidade do Estado de Santa Catarina (1997).

Leila Amaral Gontijo, UFSC

Possui graduação em Desenho Industrial pela Fundação Mineira de Arte Aleijadinho (1977), mestrado em Ergonomie - pelo Conservatoire National des Arts et Metiers (1983) , Doutorado em Ergonomia - Université de Paris XIII (Paris-Nord) (1987), na França, e Pós doutorado na Universidade de Lund, na Suécia (1998-1999).

Downloads

Publicado

2017-07-17

Edição

Seção

Artigos