Uma proposição metodológica para leitura de fotografias de casamento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630412020069

Resumo

O trabalho é um recorte da metodologia da tese de doutorado (em andamento) Memórias costuradas: o traje da noiva em fotografias de casamento (1920-1969). A metodologia estrutura-se em estudo de caso com revisão bibliográfica, análise das fontes visuais (fotografias de casamento) e entrevistas. O acervo pesquisado não se encontra em um lugar público, organizado e catalogado, mas sim no privado, no íntimo. A escolha de 81 fotografias, se deu por optar apenas por fotografias em preto e branco, com a presença apenas do casal no registro e quase todas em pé, para a melhor visualização dos trajes. Foram utilizados diversos autores de áreas distintas que auxiliaram no entendimento das informações extraídas das imagens e foram todos de suma importância para a compreensão das diversas áreas trabalhadas (conservação e preservação, fotografia, museologia, moda e memória). Foi feita uma dissecação de cada fotografia para melhor entender a teia deste acervo. Assim, foi elaborado um roteiro para a leitura das fotografias, que priorizou os seus dados concretos. Com base nas fichas de análise fotográfica utilizadas por Mauad (1996), Bruno e Samaian (2007), Nacif (2007), Sant’Anna (2010) e Schneid (2018), foram construídas fichas para catalogar os retratos do presente estudo. O foco está na definição da roupa dos noivos, mas todos os outros elementos presentes na cena retratada são explorados, bem como a materialidade da fotografia, fotógrafo e contexto em que foi tirada. O presente texto mostra todo o processo metodológico desta análise.

Biografia do Autor

Frantieska Huszar Schneid, Instituto Federal Sul-rio-grandense e Universidade Federal de Pelotas

Doutoranda e Mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural pela Universidade Federal de Pelotas. Especialista em Docência na Educação Profissional pela Faculdade de Tecnologia Senac-Rs. Possui graduação em Curso Superior de Tecnologia em Moda e Estilo pela Universidade de Caxias do Sul (2007). Atualmente é docente dos Cursos Técnico em Vestuário (no qual coordenou durante os anos de 2010 e 2011) e Tecnólogo em Design de Moda (membro do colegiado do curso), ambos do Instituto Federal Sul-rio-grandense. É professora convidada do curso de Especialização em Gestão de Moda: Comunicação, Marketing e Estilo, ministrando a disciplina de Estilo, Identidade, Consumo e Cultura. Desenvolve pesquisas em fotografias, com enfoque na relação memória e indumentária. Participa de vários eventos nas áreas: Ciências Humanas, Artes - Moda e Interdisciplinar no Brasil e no exterior, bem como produção bibliográfica em revistas científicas que abordem o tema de sua pesquisa. Representante local da cidade de Pelotas - RS do movimento Fashion Revolution.

Francisca Ferreira Michelon, Universidade Federal de Pelotas

Possui mestrado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1993) e doutorado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2001). Estágio no Arquivo Fotográfico da Câmara de Lisboa (2009) em conservação de fotografia. É professora Titular do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Pelotas. Participou das comissões que criaram os cursos de Bacharelado em Museologia (2007), Mestrado e Doutorado em Memória Social e Patrimônio Cultural (2006), Curso de Conservação e Restauro (2008), todos da Universidade Federal de Pelotas. Coordenou o Mestrado em Memória Social e Patrimônio Cultural de 2006 a 2008. Atua nesses cursos desde a fundação. Orienta alunos em pesquisa, extensão e ensino nos níveis de graduação e pós-graduação desde 1996. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Patrimônio Cultural, atuando principalmente nos seguintes temas: fotografia, patrimônio cultural, patrimônio industrial, memória social, gestão de acervos, conservação de fotografias, história da fotografia e comunicação, educação e acessibilidade em museus. Tutora do Grupo PET Conservação e Restauro (2010-2016). Coordenadora de Comunidade e Cidadania e do Núcleo de Patrimônio Cultural da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura - UFPel de 12/2013 a 03/2016. Atualmente exerce o cargo de Pró-Reitora de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Pelotas.

Referências

ALBUQUERQUE, Ana Cristina de. Catalogação e descrição de documentos fotográficos em bibliotecas e arquivos: uma aproximação comparativa dos códigos AACR2 e ISAD (G). Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação). Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista, Marília, 2006.

BARROS, Myriam Moraes Lins de. Memória e Família. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v.2, n.3, p.29-42, 1989.

BARTHES, Roland. A mensagem fotográfica. In: O óbvio e o obtuso: ensaios críticos III. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990. p.11-26.

_______________.A câmara clara: nota sobre a fotografia. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012.

BENARUSH, Michele K. Termos básicos para catalogação de vestuário. Rio de Janeiro: Secretaria de Estado de Cultura, 2014. Disponível em: <http://www.museusdoestado.rj.gov.br/termos básicos/termos_basicos.pdf. > Acesso: 10 de fev. 2017, 19:39:43

BRUNO, Fabiana; SAMAIAN, Etienne. Uma cartografia verbo-visual da velhice: fotobiografias e montagens de memórias. Revista Chilena de Antropologia Visual, Santiago, n. 10, p. 30-53, 2007.

BRUNO, Fabiana. Imagens, palavras e montagens: a potência da experimentação das grafias no fazer antropológico. Trabalho apresentado na 31ª Reunião Brasileira de Antropologia, realizada entre os dias 09 e 12 de dezembro de 2018, Brasília/DF.

______________. Fotografias órfãs e insurgências: supervivências dos arquivos de imagens. In: Colóquio Internacional do Imaginário. Construir e habitar a terra: deformações, deslocamentos e devaneios. Atas do III ICHT, 16-18 de abril, 2019. São Paulo. Disponível em: < https://sites.usp.br/icht2019/wp-content/uploads/sites/416/2019/07/Fotografias-órfãs-e-insurgências-supervivências-dos-arquivos-de-imagens.pdf> Acesso: 02 de jun. 2019, 21:05:34

CÂNDIDO, Maria Inez. Documentação Museológica. In: CADERNO de diretrizes museológicas. Brasília: Ministério da Cultura / Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/ Departamento de Museus e Centros Culturais, Belo Horizonte: Secretaria de Estado da Cultura/ Superintendência de Museus, 2006. 2ª Edição

CARTIER-BRESSON, Anne. Uma nova disciplina: a restauração-conservação de fotografias. In: Cadernos técnicos de conservação fotográfica, organização do Centro de Conservação e Preservação Fotográfica da Funarte. 3. ed. rev - Rio de Janeiro: Funarte, 2004.

CASQUIÇO, Sónia. A descrição de documentos fotográficos em contexto arquivístivo: problemáticas e metodologias. 5º Workshop de arquivística (UC-CEHR). Lisboa, 17 de Novembro de 2012. Disponível em: < http://icm.ft.lisboa.ucp.pt/resources/Documentos/CEHR/Enc/2012-11-17_WorkshopArq_SoniaCasquico.pdf> Acesso: 07 jul. 2018, 12:52:05

COSTA, Manuela Pinto da. Glossário de termos têxteis e afins. Revista da Faculdade de Letras. Ciências e técnicas do patrimônio. Porto, I série, vol. III, p. 137-161, 2004. Disponível em: <http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/4088.pdf> Acesso: 28 out. 2017, 23:45:34

CRUZ, Nina Velasco. Fotografia de família e memória: deslocamentos da arte contemporânea. Discursos Fotográficos, Londrina, v.7, n.11, p.137-155, jul./dez. 2011.

CRUZ, Cleide lemas da Silva. Glossário de Terminologias do Vestuário. Brasília: Editora IFB, 2013.

DIDI-HUBERMAN, Georges. A imagem sobrevivente: história da arte e tempo dos fantasmas segundo Aby Warburg. Tradução Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Contraponto, 2013.

FERREZ, Helena Dodd. Thesaurus para acervos museológicos. Rio de Janeiro: Fundação Nacional Pró-Memória, Coordenadoria Geral de Acervos Museológicos, 1987.

___________________. Documentação museológica: teoria para uma boa prática. Cadernos de Ensaios n.2: estudos de museologia. Rio de Janeiro: Minc/IPHAN, 1994.

___________________. Tesauro de objetos do patrimônio cultural nos museus brasileiros. Rio de Janeiro: Fazer Arte. Gerência de Museus da Secretaria Municipal de Cultura, 2016.

KOSSOY, Boris. Fotografia e memória: reconstituição por meio da fotografia. On: SAMAIN, Etienne (org.). O fotográfico. São Paulo: Editora Hucitec/Editora Senac São Paulo, 2005, p. 41-47

LEITE, Miriam Moreira. Retratos de família: leitura da fotografia histórica. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1993.

MAUAD, Ana Maria. Através da imagem: fotografia e história interfaces. Tempo, Rio de Janeiro, v. 1, n. 2, p. 73-98, 1996.

_______________. Fotografia e história – possibilidades de análise. In: CIAVATTA, Maria; ALVES, Nilda (orgs). A leitura de imagens na pesquisa social: história, comunicação e educação. São Paulo: Cortez, 2004, p.19-36

MONTONE, Annelise Costa. Exemplo de leitura de um acervo de imagens fotográficas do Museu da Baronesa. História em Revista, Pelotas, n.17/18, p.19-30, Dez.2011/dez.2012.

NACIF, Maria Cristina Volpi. O vestuário como princípio de leitura do mundo. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 2007, São Leopoldo. Anais do XXIV Simpósio Nacional de História. São Leopoldo: Associação Nacional de História, 2007.

ORMEN-CORPET, Catherine. L’album de famille: almanac des modes. Paris: Hazan, 1999.

OSÓRIO, Ligia. Modelagem: organização e técnicas de interpretação. Caxias do Sul, RS: Educs, 2007.

PAVÃO, Luís. Dicionário e glossário de termos técnicos usados em conservação fotográfica. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1990.

____________. Conservação de colecções de fotografia. 1997.

PINHEIRO, Sara Raquel. Conservação e restauro de fotografias: uma experiência de conservação e restauro de fotografias no Museu da Imagem (Braga). Estágio curricular (FacFil, UCP, Braga) 2009/2010.

RIFFEL, Renato; GEVAERD, Eduardo Neto. Mão que dominam, mãos que enlaçam: encenações de masculinidades nos retratos de casamento do Vale do Itajaí – Mirim na segunda metade da década de 1940. Maiêutica – Curso de História, v.1, n.1, p.73-86, 2013.

SANT’ANNA. Mara Rubia. Álbuns de família, uma experiência pedagógica e de investigação histórica de moda. Anos 90. Porto Alegre, v. 17, n. 32, p. 249-282, dez. 2010.

SANTOS, Rochelle Cristina dos; MULLER, Mara Rubia Sant’Anna. Vestindo “jornal”: de imagens de um objeto de moda às possibilidades de um objeto histórico. História em Revista. Pelotas, n.17/18, p. 287-299, dez.2011/dez.2012.

SCHNEID, Frantieska Huszar. Vestidos da memória: os registros de casamento em um álbum de família. Curitiba: Editora Prismas, 2018.

SILVA, Armando. Álbum de família: a imagem de nós mesmos / Armando Silva; tradução Sandra Marha Dolinsk – São Paulo: Editora Senac São Paulo: Edições SESC SP, 2008.

SMIT, Johanna W. A análise da imagem: um primeiro plano. In: Análise documentária: a análise da síntese. 2.ed. Johanna w. Smit (coord.). Brasília: IBICT, 1987. p.101-113.

VIANA, Fausto. Para documentar a história da moda: de James Laver às blogueiras fashion. São Paulo: ECA-USP, 2017. Disponível em: http://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/view/165/151/726-1 Acesso: 23 jan. 2018, 12:53:43

Websites e documentos eletrônicos

ALBERTONI, Gabriela. Zankyou. 5 véus para 5 estilos de noiva: qual combina com você? Disponível em: < https://www.zankyou.com.br/p/5-veus-para-5-estilos-de-noiva-qual-combina-com-voce-121128 > Acesso em: 24 mar. 2017, 18:57:33

BRASIL. Ministério da Educação. Instituições de ensino superior e cursos cadastrados. Disponível em: http://emec.mec.gov.br Acesso: 15 out. 2018, 16:43:01

BRUNELLI, Michello. Aflorar: grinaldas e acessórios. Véu de noiva: separamos 8 topos para você escolher. Disponível em: < https://aflorarnoivas.com/veu-de-noiva/> Acesso: 24 mar. 2017, 19:45:23

ICASEI. Buquê de noiva. Tipos de buquê de noiva: escolha o seu. Disponível em: < https://revista.icasei.com.br/tipos-de-buque-de-noiva-escolha-o-seu/> Acesso: 02 abri. 2017, 23:12:54

Design de Moda: referencial para a pesquisa científica. Disponível em: https://modapesquisacienti.wixsite.com/modapesquisa Acesso: 15 out. 2018. 16:00:39

RAMOS, Cida. Portal Tudo aqui. Buquê de noiva, escolha o formato de acordo com o seu tipo físico. Disponível em: < http://www.portaltudoaqui.com.br/buque-de-noiva-escolha-o-formato-de-acordo-com-o-seu-tipo-fisico/> Acesso: 02 abri. 2017, 22:24:04

RODRIGUES, Carol. Avec Toi. Véus, Voilletes, Casquetes e Grinaldas – que noiva é você? Disponível em: < http://avectoi.com.br/2017/11/veus-voilettes-casquetes-e-grinaldas-que-noiva-e-voce/> Acesso em: 24 mar. 2017, 17:47:13

GOOGLE FORMS. Disponível em: <https://www.google.com/forms/about/> Acesso: 27 abr. 2017, 14:15:28

Downloads

Publicado

2020-02-01

Como Citar

SCHNEID, F. H.; MICHELON, F. F. Uma proposição metodológica para leitura de fotografias de casamento. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 4, n. 1, p. 69 - 93, 2020. DOI: 10.5965/25944630412020069. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/16370. Acesso em: 4 dez. 2021.