[1]
A. Paris e M. de Andrade, “Combustível do trabalho do ator: as dúvidas”, DAPesquisa, vol. 3, nº 5, p. 861-868, ago. 2019.