[1]
V. Collaço e A. L. da Luz, “Os vestígios de uma época de casos raros”, DAPesquisa, vol. 3, nº 5, p. 830-841, ago. 2019.