[1]
G. S. de Barros e W. F. de Souza, “Duas danças no contexto do salão burguês”, DAPesquisa, vol. 4, nº 6, p. 434-442, nov. 2018.