DOS LIVROS À TRANSGRESSÃO: TRAJETÓRIA SOCIAL DE UMA EGRESSA DO COLÉGIO ESTADUAL DIAS VELHO

Autores

  • Leticia Vieira Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Norberto Dallabrida Universidade do Estado de Santa Catarina

Resumo

O presente texto tem como objetivo compreender a trajetória social de Alzira Scholz Faísca, uma trânsfuga que rompeu as barreiras sociais a partir do delinear de um percurso escolar – e, posteriormente profissional – de êxito. Esta trajetória social será compreendida através dos seguintes indicadores: origem sócio-familiar, percurso escolar e carreira profissional. Busca-se, a partir da análise destes indicadores, perceber as posições ocupadas por esta agente nos diversos campos de que fez parte ao longo de sua trajetória social.  Este estudo toma como base os estudos de Pierre Bourdieu e dar-se-á a partir de uma análise dos capitais movimentados por esta ex-aluna ao longo de sua trajetória social. Toma-se como aporte teórico também os estudos de Bernard Lahire, que tornam possível compreender os mecanismos criados no interior das famílias desprovidas de um relevante volume de capitais para desenvolver nos filhos disposições que tornem possível o sucesso escolar e o alcance de melhores posições no campo social.

Biografia do Autor

Leticia Vieira, Universidade do Estado de Santa Catarina

Acadêmica do Curso de Pedagogia da Universidade do Estado de Santa Catarina e bolsista PIBIC/CNPq

Norberto Dallabrida, Universidade do Estado de Santa Catarina

Professor efetivo do curso de Pedagogia na Universidade do Estado de Santa Catarina e professor do Programa de Pós Graduação na mesma instituição.a

Downloads

Publicado

2012-06-03