O teatro americano numa Revolução: recepção do Teatro Campesino de Luis Valdez em Portugal em 1975

Christine Zurbach

Resumo


As relações entre teatro e política no teatro português após o 25 de Abril de 1974 mudaram de maneira significativa com o fim da censura. Abolidas as dificuldades sentidas pelos artistas no acesso a textos ou autores relevantes para o seu repertório, tornou-se possível desenvolver objectivos discursivos e artísticos por vezes fortemente marcados pelo contexto político. Nesse domínio, nota-se o papel importante de revistas de teatro estrangeiras que proporcionavam contactos com outras dramaturgias fora de Portugal. Foi o caso com a revista francesa Travail Théâtralque, em 1972, tinha publicado um dossiê sobre os actosdo Teatro Campesino de Luis Valdez, de contestação política antiamericana.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573102352019163



Direitos autorais 2019 Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

    

 

Indexadores

   

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.