A marionete, ou a mimeses complexa// A complexidade das “figuras” no teatro enquanto “mimese”

Didier Plassard, Cristina Grazioli

Resumo


O objetivo desta intervenção a duas vozes é tentar definir algumas das propriedades da marionete encarada como instrumento teatral particular, no cenário as práticas cênicas contemporâneas. Nossa postulação de partida é que as transformações das sociedades humanas obrigam as expressões artísticas a redefinir periodicamente seus contornos, suas técnicas e suas funções, em uma tensão dialética entre o passado e o futuro.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1414573102322018056


Indexadores


 

 

         

Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br - Tel. 3664.8353

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.