Diálogos entre tradição e contemporaneidade no processo de criação de Jongo Mamulengo

Adriana Schneider Alcure

Resumo


Jongo Mamulengo foi criado em 2016. É uma parceria entre o Coletivo Bonobando, o Jongo da Serrinha e o Cordão do Boitatá. Em cena estão o jongo, o samba e o mamulengo, patrimônios culturais brasileiros. A dramaturgia percorre diversas histórias da presença do jongo na favela da Serrinha e sua relação com a fundação do Império Serrano, em 1947.Para compreender os procedimentos de criação em Jongo Mamulengo é preciso observar o imbrincamento entre a dimensão ritual e a cosmológica das ações e das representações do mamulengo em si. Optou-se por ressaltar as formas, os dispositivos, as estratégias e técnicas presentes no mamulengo. Uma das chaves para esta concepção é a noção de brincadeira.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573102322018035

Direitos autorais 2018 Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas




Indexadores


 

 

         

Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br - Tel. 3664.8353

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.