O que nos move: manifestos em performance

Beatriz Angela Vieira Cabral

Resumo


Esta reflexão sobre uma investigação cênica de manifestos que marcaram os últimos cem anos da história ocidental está centrada no texto ‘Nostalgias Futuras’, de Richard Schechner (2010). A tradução do texto à performance respondeu ao desafio do autor, de que o grande gesto dos manifestos é hoje substituído por intervenções performativas que ultrapassam o momento de suas declarações. A apresentação performática do texto, por estudantes de teatro, permite examinar os princípios estéticos e políticos observados na performance, ativados pela análise de documentação fotográfica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573102172011021



Direitos autorais 2018



 

    

 

Indexadores

 

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.