Pequenas resistências: contação de histórias, performance e protagonismo infantil na escola

Luciana Hartmann, Sonaly Torres Silva

Resumo


Este artigo analisa performances de contação de histórias realizadas em coautoria com alunos do Ensino Fundamental de escolas públicas de Minas Gerais e do DF, que adotam como eixo transversal a questão da diversidade cultural na escola. Pautadas metodologicamente pela pedagogia teatral e pelos estudos da performance, são desenvolvidas experiências de partilha e produção de histórias com as crianças, nas quais o protagonismo infantil é enfatizado. Nos diferentes processos analisados, verificamos que a partilha de histórias engendra pequenas resistências no contexto escolar, contribuindo para que as crianças sejam aceitas e respeitadas em suas singularidades.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1414573101342019019


Indexadores


 

 

         

Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br - Tel. 3664.8353

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.