Por um desejo pós-colonial: uma análise do Teatro Essencial, de Denise Stoklos

Elisa Belém

Resumo


A aplicação da teoria pós-colonialista ao teatro e a literatura dramática brasileira oferece uma gama considerável de possibilidades para pensar sobre a adaptação e adoção de modelos estrangeiros, bem como sobre especificidades culturais das performances do Brasil. O propósito deste artigo é expor a pesquisa que resultou em minha dissertação de Mestrado em Artes, Performing Postcolonialism: Denise Stoklos and the Essential Theatre, escrita na Royal Holloway, University of London.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1414573101162011043


Indexadores


 

 

         

Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br - Tel. 3664.8353

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.