Políticas Editoriais

Foco e Escopo

URDIMENTO – Revista de Estudos em Artes Cênicas, fundada em 1997 -   é uma publicação quadrimestral do Programa de Pós-Graduação em Teatro, do Centro de Artes, da Universidade do Estado de Santa Catarina. Alicerçada no diálogo privilegiado entre professores e pesquisadores,a revista tem compromisso com a criação de um corpo temático de pesquisa, promovendo estímulo e suporte teóricos para futuras reflexões sobre diferentes temas abordados na grande área das Artes Cênicas. 

A revista publica, preferencialmente, trabalhos oriundos de estudos teóricos, experimentações práticas, pesquisas e reflexões, atuais e históricas, procurando oferecer aos seus leitores textos de qualidade e excelência, tanto de pesquisadores nacionais como de estrangeiros, bem como traduções de trabalhos de pesquisadores estrangeiros.

Urdimento publica textos inéditos em português ou espanhol. A Editora-chefe pode convidar os autores lusófonos e hispano falantes a enviarem versões em inglês para publicação bilíngue. A revista aceita originais em inglês de autores estrangeiros e providencia versões para o português para publicação bilíngue.

A revista é organizada em seções temáticas que visam a estimular temas e abordagens, criando interfaces entre metodologias e teorias diferentes, assim, a revista dá preferência a textos que façam avançar a posição dos conhecimentos em Artes Cênicas.

Urdimento é uma publicação quadrimestral. Com previsão de publicação nos meses de março/abril, agosto/setembro e novembro/dezembro de cada ano.

A revista é dirigida pela Equipe Editorial composta por uma (1) Editora-chefe e quatro (4) Editores associados. A esse grupo cabe a definição das políticas editoriais, a escolha das abordagens estabelecidas no âmbito dos dossiês, a supervisão de todo o processo, a designação de pareceristas para as submissões, a comunicação com os autores, a gestão dos indexadores, a aplicação das normas e do regulamento, a prospecção de fontes de financiamento para a revista e a garantia da manutenção da uniformização.

Recomenda-se que autores e autoras consultem nossas Edições Anteriores no link:

 <http://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/issue/archive> com o propósito de mapear e referenciar pelo menos um artigo, ou entrevista ou iconografia no texto a ser submetido à Urdimento. Esta ação - de estímulo a consulta e divulgação dos textos anteriores publicados pela Urdimento- dinamiza e dá visibilidade ao acervo online.

 

Políticas de Seção

Fluxo Continuo

Constitui-se de artigos inéditos que tratam de tema diferente da temática central da edição. Trata-se de espaço reservado à publicação de textos que tratam de temática emergente e/ou que seja relevante para o campo das Artes Cênicas. Artigos recebidos em fluxo continuo, independentes de Dossiês Temáticos. 

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relatos

Nesta seção também serão aceitos, além de mestrandos (em conjunto com seus orientadores), mestres, doutorandos e doutores, trabalhos de artistas/pessoas referenciadas por suas atividades artísticas ou acadêmicas, mas que não possuem títulos de Mestre ou Doutor. Os trabalhos devem possuir referencial acadêmico. Apresentar crítica analítica. E a temática do relato ser de relevância para a área das Artes Cênicas. Os relatos/artigos serão avaliados pelos pares, tal como os demais artigos da Urdimento.  Os relatos/artigos serão avaliados pelos pares, tal como os demais artigos da Urdimento.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Traduções

Serão aceitas traduções de textos de língua estrangeira para a língua portuguesa, devidamente acompanhadas de autorização do detentor dos direitos do texto original

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Esta seção é composta de entrevistas com pesquisadores/artistas vinculados as artes cênicas.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Resenha

Esta seção se constitui em resenha de obras publicadas no Brasil ou no exterior. As resenhas devem vir acompanhadas de imagem da capa do livro e sua referencia bibliográfica de acordo com as normas da ABNT.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Ensaio Fotográfico de Espetáculos

Constitui-se de registro visual de  produções artísticas oriundas de professores e alunos do Departamento de Artes Cênicas e do Programa de Pós-graduação em Teatro da UDESC.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático

Esta seção é composta por artigos inéditos, de relevância à área temática da revista e do referido dossiê, cujo tema poderá ser proposto por qualquer membro da Equipe Editorial, Conselho de Pareceristas, Conselho Editorial, pesquisadores interessados, devidamente justificado e relacionado à área de concentração do programa ao qual a revista está vinculada.

A Editoria dos Comitês Temáticos será composta no mínimo por três e no máximo por cinco proponentes.

 A Editoria estimula que os organizadores dos dossiês pertençam a diferentes instituições de ensino e pesquisa situadas em diferentes estados do país.

Não há periodicidade estabelecida para a publicação dos dossiês temáticos, mas as chamadas devem ser publicadas no site da revista com antecedência da data de publicação. A Editoria está aberta a receber propostas de dossiês temáticos e decide aceitá-las ou não. As propostas devem conter resumos da temática e serem acompanhadas dos currículos dos proponentes.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Processo de Avaliação pelos Pares (Peer review)

 A revista aceita textos sob a forma de artigos científicos, evitando receber para avaliação textos que sejam: apenas projetos de pesquisa ou relatórios; somente revisão de literatura; recortes de trabalhos acadêmicos sem adaptação; relato de experiência sem discussão teórica aprofundada; incompletos ou insuficientemente elaborados para a temática que propõem; fora da área das Artes Cênicas e das áreas correlatas; escritos de maneira não acadêmica ou que contenham muitos erros de linguagem e digitação; formatados a partir de regras diferentes das praticadas pela revista.

 A revista Urdimento adota a prática da "avaliação por pareceres" (peer review), sendo que cada artigo é submetido a pelo menos dois avaliadores. Estes terão o prazo de três (3) semanas para emissão dos pareceres, com a possibilidade de prorrogação por mais uma (1) semana, desde que o parecerista manifeste esse desejo.

Os avaliadores são escolhidos entre os membros da Equipe Editorial, sendo que em casos isolados a Editora-Chefe da revista pode também escolher avaliadores específicos ad hoc, entre doutores da área das Artes Cênicas e/ou áreas afins, seguindo o critério das afinidades temáticas, observadas a partir dos registros de trabalhos, pesquisas e outras experiências em seus currículos na Plataforma Lattes.

Os autores receberão, por via eletrônica, cópia dos pareceres emitidos, respeitando-se sempre o sigilo quanto à identidade dos avaliadores

Os artigos enviados aos Dossiês Temáticos serão avaliados, exclusivamente, pelos membros dos Comitês Editoriais específicos de cada dossiê. A Editoria dos Comitês Temáticos será composta no mínimo por dois e no máximo por cinco proponentes. Submetidos ao sistema de avaliação duplo-cego.

Os textos a serem avaliados passam por três fases. Na primeira fase, o texto é encaminhado a dois pareceristas do conselho editorial ou a pareceristas ad hoc, (especialistas na área ou na abordagem do artigo em avaliação). Na segunda fase, os editores encaminham os textos que obtiveram dois pareceres favoráveis à publicação; devolvem aos autores os textos que obtiveram dois pareceres desfavoráveis; encaminham a um terceiro avaliador os textos que possuem dúvida ou contrassenso na avaliação; e, enviam aos autores os textos os quais os avaliadores fizeram sugestões de modificações como condição para publicação, dando um prazo de 30 dias para tais reformulações. A terceira fase consiste na avaliação das modificações feitas pelos autores, quando isso for necessário, e no encaminhamento dos textos aprovados para a revisão da linguagem e para a normalização. No intuito de fazer avançar a produção da área, todas as fases de avaliação estão acompanhadas de pareceres descritivos.

Urdimento pode, ainda, no sentido de incitar determinadas temáticas, convidar pesquisadores para enviar textos, em proporção bem inferior aos textos avaliados e sob a condição de se tratar de contribuição importante para a área. 

Os artigos enviados ao Fluxo Continuo – devem ser avaliados, quanto a sua pertinência de aceitação para a Urdimento por dois pareceristas do Conselho de Pareceristas da revista. Submetidos ao sistema de avaliação duplo-cego.

Os Relatos - devem ser avaliados, quanto a sua pertinência de aceitação para a Urdimento por dois pareceristas do Conselho de Pareceristas da revista. Submetidos ao sistema de avaliação duplo-cego.

As entrevistas serão avaliadas pela Editora-chefe e/ou Editores-Associados, não sendo submetidas ao sistema de avaliação duplo-cego por pares, não havendo, portanto, necessidade de se recorrer aos Pareceristas nesses casos.

As traduções serão avaliadas pela avaliadas pela Editora-chefe e/ou Editores-Associados, que, nesse caso, pode aprová-las, rejeitá-las ou, se entender necessário, submetê-las à apreciação de Pareceristas.

Resenhas: serão avaliadas pela Editora-chefe e/ou Editores-Associados, não sendo submetidas ao sistema de avaliação duplo-cego por pares, não havendo, portanto, necessidade de se recorrer ao Conselho de Pareceristas nesses casos.

A cada dois anos, a Editora-chefe e Editores-Associados efetuarão análise do desempenho dos Pareceristas e do Conselho Editorial, levando em consideração aspectos como: disponibilidade em atender as demandas; agilidade na emissão de pareceres; qualidade dos pareceres emitidos; eventuais contribuições à política; manutenção do currículo Lattes pessoal atualizado. Conselheiros que receberem indicação de baixo desempenho poderão ser automaticamente descredenciados.

Para assegurar a integridade da avaliação cega por pares, tomam-se todos os cuidados possíveis no sentido de não se revelar a identidade de autores e avaliadores durante o processo. Assim, autores devem excluir do texto submetido seus nomes, substituindo-os por “Autor”. Além disso, devem cuidar para remover a identificação do autor nos metadados do arquivo encaminhado. Se, porventura, os autores olvidarem esses procedimentos, os editores o aplicarão antes do envio da submissão aos pares para avaliação, ou devolverão o texto para os autores, requerendo a obediência da norma de segurança.

 

 

Periodicidade

Quadrimestral

 

Política de Acesso Livre

A Urdimento oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

A revista é de acesso gratuito e não cobra taxas dos autores para as submissões de artigos, relatos, traduçòes, entrevistas ou resenhas, para submissão, avaliações e para a publicação dos textos aprovados 

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Indexadores

DOAJ
DIADORIM
GOOGLE SCHOLAR
REBID

 

 

Qualis CAPES

A1 - Artes

B2 - História, Filosofia, Comunicação e Informação, Antropologia, Interdisciplinar

 

Conflito de interesses

Conflitos de interesses podem surgir quando autores, revisores ou editores possuem interesses que, aparentes ou não, podem influenciar a elaboração ou avaliação de manuscritos. O conflito de interesses pode ser de natureza pessoal, comercial, política, acadêmica ou financeira.

Quando os autores submetem um manuscrito, eles são responsáveis por reconhecer e revelar conflitos financeiros ou de outra natureza que possam ter influenciado seu trabalho. Os autores devem reconhecer no manuscrito todo o apoio financeiro para o trabalho e outras conexões financeiras ou pessoais com relação à pesquisa. O relator deve revelar aos editores quaisquer conflitos de interesse que poderiam influir em sua opinião sobre o manuscrito, e, quando couber, deve declarar-se não qualificado para revisá-lo. Se os autores não tiverem certos do que pode constituir um potencial conflito de interesses, devem consultar a Editora-chefe da Urdimento.

 

Politica de Plágio

A Urdimento esta em acertos com a Biblioteca da UDESC para adotarmos o sistema CrossRef para identificaçãode plágio.

 

Política de dossiês temáticos

Esta seção é composta por artigos inéditos, de relevância à área temática da revista e do referido dossiê, cujo tema poderá ser proposto por qualquer membro da Equipe Editorial, pesquisadores interessados, devidamente justificado e relacionado à área de concentração do programa ao qual a revista está vinculada.

A Editoria dos Comitês Temáticos será composta no mínimo por três e no máximo por cinco proponentes.

A Editora-chefe pode estimular que os organizadores dos dossiês temáticos pertençam a diferentes instituições de ensino e pesquisa situadas em diferentes estados do país.

Não há periodicidade estabelecida para a publicação dos dossiês temáticos, mas as chamadas devem ser publicadas no site da revista com antecedência da data de publicação. A Urdimento está aberta a receber propostas de dossiês temáticos e decide aceitá-las ou não. As propostas devem apresentar resumo do tema e serem acompanhadas dos currículos dos proponentes.

Os artigos enviados aos Dossiês Temáticos serão avaliados, exclusivamente, pelos membros dos Comitês Editoriais específicos de cada dossiê. Submetidos ao sistema de avaliação duplo-cego.

A organização do dossiê temático não deve ocupar todo o espaço destinado aos artigos, preservando-se, assim, as seções de fluxo contínuo. Desta forma, independentemente dos dossiês temáticos, os autores podem submeter contribuições em qualquer outra seção, a qualquer momento.

Todos os dossiês temáticos indicarão um dead line (data limite) para a submissão, cuja observância pelo autor, entretanto, não garante a priori que o texto será analisado em tempo hábil para integrar o respectivo dossiê, pois é preciso levar-se em consideração todo o tempo necessário para a evolução normal do processo de revisão e avaliação cega por pares. Trata-se, assim, de um indicador do limite máximo para que uma contribuição tenha chance de ser avaliada para um dossiê. Por isso, a Editora-cheferecomenda fortemente que os autores submetam suas contribuições com o máximo de antecedência possível. 

Textos eventualmente aprovados, mas não aproveitados em um dossiê pelos editores convidados, poderão ser destinados a integrar as seções de fluxo contínuoda revista em algum número seguinte.

 

Política de taxas

A Urdimento é de acesso gratuito e não cobra taxas dos autores para as submissões dos artigos, para as avaliações e para a publicação dos textos aprovados.

 

Princípios Éticos e procedimentos para evitar más práticas na produção científica

A.    Da responsabilidade dos autores 

1. Os autores são responsáveis pelo conteúdo de seus artigos, assim como pelos direitos autorais de imagens, vídeos e quaisquer elementos textuais ou complementares ao seu artigo.

2. Os autores obrigam-se a oferecer ao periódico retratações ou correções de eventuais erros.

3. Os autores devem assegurar que seu texto é obra inédita e não devem submeter, o mesmo texto para mais de uma revista.

4. Caso o autor utilize, no artigo encaminhado à Urdimento, partes de um texto seu já publicado, ele deverá explicitar, em notas de rodapé, as partes publicadas toda vez que isso ocorrer no novo artigo. Bem como, justificar esta apropriação. Se observa que essas partes transcritas e já publicadas, e que não aparecem como citadas no artigo, não podem ser maiores que um terço do artigo final.

5. A revista aceita artigos a partir de comunicações de pesquisa já publicadas em Anais de eventos, desde que sejam substancialmente revistos e aumentados. E o autor deve, em nota de rodapé, explicitar e referenciar os devidos Anais.  

6. Caso o artigo tenha sido escrito com base em pesquisa que apresenta reais riscos para os participantes, é obrigatória a apresentação de parecer do Comitê de Ética da instituição do pesquisador.

B.    Do processo de avaliação

1. Todos os artigos e relatos da revista são submetido à revisão por pares pelo método avaliação por pares duplo-cego.

2. Avaliação por pares é o processo de obter pareceres sobre manuscritos individuais de avaliadores peritos no campo. Esse processo está claramente descrito no nosso site.

3. Os pareceres devem ser o mais objetivo possível e suficientemente embasados para que permitam o aprimoramento da pesquisa e do texto avaliados. 

4. Os avaliadores não devem ter conflitos de interesse e declaram isso por escrito no sistema da revista, ao realizar uma avaliação.

5. Os avaliadores devem sempre chamar a atenção para textos ou trechos já publicados e que não tenham sido propriamente citados.

6. Em caso de pareceres divergentes sobre a publicação, a Editora-chefe poderá solicitar um terceiro parecer ou chamar a si a decisão. Serão encaminhados para segunda rodada de avaliação os textos que receberem esta recomendação explícita dos avaliadores ou que, recebendo indicação de correções e modificações requeridas.

7. Todos os artigos avaliados são tratados de forma confidencial.

8. A revista entende que qualquer forma de plágio não é aceitável.

9. A decisão final sobre a publicação ou não de um texto cabe aos editores. Sempre que um texto tenha qualidade acadêmica e cumpra os critérios estabelecidos pela revista, ele é encaminhado para a avaliação por pares duplo-cega de, no mínimo, dois avaliadores.

10. Os únicos critérios de avaliação são o mérito acadêmico do texto e o aprimoramento da qualidade do conhecimento, não havendo discriminação aos autores, por quaisquer razões.

 11. Não é permitido aos editores usarem informações constantes nos artigos em avaliação sem o consentimento explícito dos autores.

12. Os editores estão disponíveis para responder qualquer questão ética ligada a uma submissão.



 

Politica de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

A revista é de acesso gratuito e não cobra taxas dos autores para as submissões de artigos, relatos, traduções, entrevistas ou resenhas, para submissão, avaliações e para a publicação dos textos aprovados.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração.

 

Indicadores

A Urdimento possui um índice H de 13 e o Índice i10 de 25, formulado a partir do Google Acadêmico em maio de 2019.