AVALIAÇÃO DA QUALIDADE EM USO DE UM SOFTWARE EDUCACIONAL: UM ESTUDO APLICADO AO SENAI/SC

Ademar Perfoll Junior

Resumo


Uma das áreas que fazem parte da engenharia de software é a qualidade de software, que visa estruturar metodologias e padrões para o desenvolvimento de produtos com qualidade. A Organização Internacional de Padronização – ISO (International Standard Organization), através de seus comitês e grupos de discussão, desenvolveram ao longo da evolução dos softwares, alguns padrões e processos para mensurar e determinar o atributo de qualidade em um software, tanto no processo de concepção, até seu uso por parte dos usuários. Porém, as normas ISO não fornecem um padrão exclusivo para a avaliação de softwares educacionais, por este motivo o presente trabalho propõe um processo para avaliar a qualidade em uso de um software educacional, tomando-se por base a Metodologia Senai de Educação Profissional, a ferramenta Scratch, que é o objeto em estudo, as normas NBR ISO/IEC para avaliação de qualidade de software e a metodologia de avaliação TUP (Tecnologia , Usabilidade e Pedagogia) no contexto do SENAI/SC. Este trabalho considerou a seguinte premissa/hipótese: é possível determinar a influência do software educacional no processo de ensino aprendizagem respeitando os critérios de qualidade de software em uso em uma aula de conceitos de programação ou introdução a programação de computadores? Para avaliar esta influência foi utilizada uma pesquisa quali-quantitativa. Os questionários foram disponibilizados para um grupo de alunos do curso de aprendizagem industrial em informática do SENAI de Rio do Sul/SC durante as aulas de conceitos de programação. A pesquisa foi aplicada entre os períodos de março/2015 e abril/2015. Resultados preliminares mostram que o software Scratch é uma ferramenta atrativa e que motiva o aluno para realizar tarefas durante o processo de ensino e aprendizagem. Outro ponto que merece destaque é que o Scratch é uma ótima ferramenta de apoio aos docentes, mostrando deste modo que uma ferramenta educacional bem aplicada cria uma maior integração entre a teoria e a prática, premissa que é indicada e determinada na metodologia de educação profissional do SENAI/SC.


Texto completo:

PDF



Revista mantida pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Campus Ibirama
® 2019 Direitos Reservados