ROTATIVIDADE NAS EMPRESAS: MOTIVOS INTERNOS E EXTERNOS

Letícia Pavanello, Eliana V. Jaeger

Resumo


 Atualmente, é evidente que o crescimento e desenvolvimento de novas empresas no ramo têxtil está diretamente ligado ao crescimento do assunto rotatividade, ou seja, a quantidade de entradas e saídas de colaboradores das mesmas, que quando esse número é expressivo pode prejudicar o crescimento e progresso da organização. Por ser um setor que depende de um número significativo de empregados, necessitam apresentar características que atraiam novas pessoas ou até mesmo, incentivem seus próprios colaboradores para permanecerem na empresa por longo tempo. Devido a competitividade entre as empresas e a necessidade de manter um quadro de colaboradores estáveis e satisfeitos dentro da empresa, nasce a importância de identificar se os motivos que provocam a rotatividade são causados por fatores internos ou externos, para a empresa ter consciência dos mesmos a fim de minimizá-los ou até eliminá-los. O objetivo desse artigo é identificar e demonstrar quais os principais motivos propagadores da turnover. Os resultados iniciais mostram que um dos principais motivos elencados é a satisfação no trabalho e a qualidade de vida proporcionada no ambiente de trabalho, dessa forma, podemos observar que a questão da remuneração não é o fator primordial.

Texto completo:

PDF



Revista mantida pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Campus Ibirama
® 2019 Direitos Reservados