SISTEMA DE CONTROLE INTERNO NA GESTÃO PÚBLICA DE UM MUNICÍPIO DE PEQUENO PORTE

Paulo Fernando Marschner, Analisa Tiburski Sommer, Larissa Marx Welter

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar o controle interno na gestão pública de um município de pequeno porte a partir de três perspectivas: (i) perfil do controller, (ii) situação do controle interno, e (iii) planejamento e execução das atividades, e verificar, se o conjunto destes estão aderentes ao regimento legal e se aproximam-se da realidade de outros municípios já estudados. O potencial problema do controle interno na gestão pública de municípios de pequeno porte, destacado por Castro (2013) é que nestas prefeituras, existe a tendência da centralização de tarefas em uma mesma pessoa, o que é corroborado por trabalhos anteriores.  Entretanto poucos destes trabalhos analisam a dinâmica do controle interno em municípios de pequeno porte. Em termos metodológicos, a pesquisa teve natureza qualitativa, abordagem descritiva. Para coleta de dados, por sua vez, aplicou-se um questionário ao responsável pelo controle interno da prefeitura estudada, com 19 questões, elaborado a partir do trabalho de Roza, Lunkes e Alberton (2012) e Vieira (2009).Os principais resultados indicam que o sistema de controle interno do município estudado está bastante alinhado com o perfil de outras prefeituras evidenciados pelos trabalhos desenvolvidos anteriormente. Os principais resultados sugerem que o controle interno atua em diversas áreas, auxilia no planejamento e desenvolvimento da gestão pública municipal, entretanto, há pontos a serem melhorados. Sugere-se a contratação de servidores de carreira, bem como treinamentos periódicos e pontuais.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2316419007102018048


Revista mantida pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Campus Ibirama
® 2017 Direitos Reservados