EXPERIMENTALISMO FOTOCLUBISTA: DAS FOTOFORMAS DE GERALDO DE BARROS A DECADÊNCIA URBANA DE CARLOS NAVARRO

Khetllen da Costa Tavares, Luciane Viana Barros Páscoa

Resumo


A fotografia clubista tem como tradição o elogio da forma por meio do esmero técnico, contudo durante o período moderno ela passa por constantes tentativas de ressignificação dos fazeres fotográficos, a fim de torná-la mais abrangente. Visando o estudo desse aspecto na contemporaneidade em Manaus, esta pesquisa propôs observar os possíveis diálogos entre os processos criativos de dois fotoclubistas, pelos viés da experimentação. Por meio da análise dos elementos visuais e das possibilidades interpretativas sugeridas na imagem, tendo como base os estudos de Boris Kossoy, Erwin Panofsky e Aby Warburg referentes à iconografia. Assim elegeu-se uma imagem da série Fotorformas de Geraldo de Barros (1923-1998) e outra imagem do ensaio Decadência Urbana de Carlos Navarro (1945-), estes pertencentes a contextos, épocas e lugares distintos. Adiante, observou-se semelhanças e singularidades entre os processos criativos deles, referente a estética, técnica, controle, “erro”, e recepção da obra, possibilitando a reflexão do tema exposto na produção fotográfica contemporânea em Manaus.

Palavras-chave: Geraldo de Barros. Carlos Navarro. Fotoclubes. Processo criativo. Arte Contemporânea.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2175234607142015004

Direitos autorais



Indexadores, diretórios e bases de dados

      


Revista Palíndromo - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

ISSN 2175-2346



A Revista Palíndromo está disponível sob a Licença
Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.