Chamada Palíndromo 25

Pesquisa em Arte e Arte Educação 

Organização Jociele Lampert e Fábio Wosniak 

Este número será dedicado a estudos e reflexões sobre a Pesquisa em Arte e Arte Educação, propondo olhar para a Pesquisa como um espaço/tempo/lugar onde processos de criação, articulados à docência, são adensados e construídos, seja frente ao uso de metodologias operativas, bem como a Pesquisa em Arte - que pode ser uma investigação empírica, concebida a partir de práticas poéticas articuladas com abordagens reflexivas, acentuadas na prática artística com todas as suas interrogações e impasses, partindo, assim, da prática à construção de uma teoria (LANCRI, 2002)-, ou na Metodologia de Pesquisa Baseada em Arte (EISNER, 1991) que, com seus axiomas, busca encontrar uma situação particular de investigação enraizada na prática artística.

 

Ao mesmo tempo, compreende-se o espaço/tempo/lugar da prática pedagógica como prática artística, permeado de reflexão crítica, condição para instaurar um pensamento visual frente à Educação. Desta forma, Arte e Experiência amparam as reflexões sobre o tema, sendo possível tangenciarmos interlocuções e processos de ensino e aprendizagem, entre a poética e o ensino das Artes Visuais. 

 

Inúmeros têm sido os movimentos, bem como as tentativas, de mapear os estudos e pesquisas derivados da dupla articulação entre o campo da Arte e suas metodologias. Pesquisadores de diferentes partes do país e do mundo vêm se dedicando tanto em construir teoricamente o campo da Pesquisa em Arte e Arte Educação, como também em experimentá-lo, isto é, colocá-lo para operar nas mais diversas frentes de produção do conhecimento, seja na esfera dos Programas de Pós-Graduação, seja no cotidiano das práticas educativas. Isso, porque entendem a pertinência desta trama teórica como potência, não só para compreendermos a complexidade que se opera entre Arte e Educação, sobretudo como um meio de produzir e agenciar as múltiplas realidades e experiências entre estes dois campos.

 

A Revista Palíndromo possui Qualis B1, na área de Artes. Em seu número 25 convida artistas, artistas professores pesquisadores, historiadores e teóricos para trazer contribuições advindas de pesquisas de diferentes lugares. Que, por sua vez, com suas reflexões sobre e a partir de suas experiências de pesquisa, possam aportar outras possibilidades de conhecer e experienciar as possíveis relações entre Arte, Pesquisa e Educação das Artes Visuais na contemporaneidade.

 

Lembramos ainda que a Revista Palíndromo recebe trabalhos em fluxo contínuo relacionados ao campo de pesquisa de Artes Visuais em: Processos Artísticos Contemporâneos, Ensino de Arte e Teoria e História da Arte. Podem ser publicados Artigos em Sessão temática e Sessão aberta, Resenhas, Entrevistas e Proposições, registros e relatos artísticos relevantes para a área.