Editorial

Guilherme Antonio Sauerbronn de Barros

Resumo


As práticas musicais coletivas são uma manifestação humana primordial ligada a um rol de práticas sociais: ritualidade, comunicação, política, religião, lazer. Podemos concebê-las atravessando diferentes épocas, estilos e culturas, em manifestações as mais variadas: grupos vocais, instrumentais e mistos, populares e eruditos, improvisados e ensaiados, combinados com outras artes e narrativas. Considerando sua
natureza coletiva, a música de câmara foi proposta neste dossiê como um conceito amplo e nesta perspectiva pôde adquirir uma abrangência que se estende para além da música europeia dos séculos XVIII e XIX.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores, diretórios e bases de dados

                       

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.