A arte de descobrir caminhos: o teatro de bonecos de Marcos Ribas e do Grupo Contadores de Estórias

Luiz André Cherubini

Resumo


O artigo narra a trajetória de uma das companhias de Teatro de Bonecos
mais destacadas do Brasil desde sua fundação, nos anos 1970, por meio da história de seu diretor e fundador. Estendendo-se até o início de 2015, trata de suas criações, de suas vivências, do teatro que é a sua sede, de seus projetos paralelos e de seus planos, buscando relacionar os acontecimentos com o contexto em que se deram.

Palavras-chave: Marcos Ribas. Contadores de Estórias. Teatro de Bonecos. Teatro Brasileiro.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/2595034701132015200

Direitos autorais 2018 Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES, DIRETÓRIOS E BASES DE DADOS: