Delimitação do usuário nas etapas de criação, modelagem e prototipagem do produto de vestuário

Elen Makara, Giselle Schmidt Alvez Díaz Marino, Lizandra Garcia Lupi Vergara

Resumo


Em virtude das reclamações de roupas que não vestem bem e incomodam, ou mesmo da dificuldade de adquirir uma roupa adequada para uma ocasião, à indústria de confecção de vestuário pode estar deixando de considerar o usuário no desenvolvimento de seus produtos. O objetivo deste artigo foi verificar se nas etapas de criação, modelagem e prototipagem de produtos do vestuário o usuário está sendo considerado, visto que para um projeto de design o correto é considerá-lo em todas as etapas do desenvolvimento. Para isto foi realizada uma pesquisa bibliográfica e entrevistas com profissionais da área. Com os resultados obtidos foi possível perceber a dificuldade que os profissionais possuem em definir o público para a criação das peças. Também verificou-se que a maioria dos profissionais compreende a importância da tabela de medidas porém acabam ajustando-a de forma empírica, e para a realização dos testes de prototipagem, muitos escolhem modelos que não condizem com a realidade do público da empresa. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1982615x10192017201

Direitos autorais Elen Makara, Giselle Schmidt Alvez Díaz Marino, Lizandra Garcia Lupi Vergara

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png