Moda e Alteridade: Moda autoral e a apropriação da criação do outro

Geanneti Silva Tavares Salomon

Resumo


A grande vilã talvez seja a releitura, já apontada por alguns estudiosos da moda como uma saída estratégica encontrada para a reutilização de velhas idéias em novos olhares, mas nem sempre tão novos. O processo de releitura permite àquele que viveu uma década passada que está sendo revisitada curtir certo saudosismo agradável, ou tédio, se passou pela década revisitada seus maiores momentos de experimentação de moda sugerimos aqui que  durante certo período da vida, que iria entre a pré-adolescência até por volta dos 30 anos, quase todas as pessoas são susceptíveis às manobras fashionistas, isto é, não se opõem a experimentar os ciclos da moda, suas propostas muitas vezes sem nexo de uma estação para outra. Nesse último caso será necessário mais do que uma visita ao período e sim uma nova proposta pautada naquele período.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais Geanneti Silva Tavares Salomon

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png