Manipulando formas e tecidos

Camila Puccini, Julia Isoppo Picoli

Resumo


O presente trabalho se propõe a comparar quatro metodologias que têm como foco a manipulação de diferentes formas e tecidos, a fim de gerar alternativas e soluções mais criativas para o mercado atual, podendo ser aplicadas durante a elaboração do produto ou na peça final. A operacionalização do presente estudo foi realizada durante a disciplina de Manipulação da Forma na turma de Pós-Graduação em Modelagem do Vestuário da Universidade Feevale, no ano de 2015. As metodologias trabalhadas foram: Singer (2013), Rutzky e Palmer (2011) e Roberts (2013). Também foi realizado um exercício que consiste em uma junção de técnicas, proposto pela professora da disciplina. Para tanto, buscou-se verificar os diferenciais entre cada método e as especificidades da matéria prima utilizada. O objetivo final da disciplina consiste na aplicação de três técnicas ensinadas em aula na confecção de uma peça. Cada metodologia atingiu resultados inesperados focados em diferentes nichos como comercial e conceitual.

 

Palavras-chave: Manipulação da forma; Forma conceito; Comparação de metodologia.

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1982615x09172016359

Direitos autorais Camila Puccini, Julia Isoppo Picoli

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png