A dupla missão formativa da Escola Industrial Feminina “Nilo Peçanha” (1947-1956): apreciações sobre currículo e cultura escolar

Daniela Gonçalves da Silva, Silvia Alicia Martínez, Shirlena Campos de Souza Amaral

Resumo


O presente texto vincula-se ao trabalho de um grupo de pesquisa que tem estudado, no âmbito da história das instituições escolares e história regional, a trajetória da Escola Industrial Feminina “Nilo Peçanha”. A análise proposta toma por lapso temporal os anos de 1947 a 1956 e tem como objetivo a compreensão do tipo de educação e profissionalização oferecidas à mulher naquele contexto, dando ênfase à análise do currículo da instituição compreendido no contexto mais amplo de sua cultura escolar. A pesquisa permitiu argumentar que mesmo se tratando de uma escola industrial, pulsava muito forte à época sua principal peculiaridade: ser destinada ao público feminino. Apesar da crescente reivindicação do mercado de trabalho pela presença da mulher e das iniciativas de profissionalização legitimadas institucionalmente, aquela considerada guardiã da família deveria receber uma educação que contemplasse essa sua “vocação para o lar”, em um contexto de modernização e ideias higienistas.

Palavras-chave: Educação Feminina; Currículos; Mulheres; Ensino Profissional; Escola Industrial Feminina Nilo Peçanha.


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com