As cartas de pedidos na correspondência do educador católico Alceu Amoroso Lima: 1928-1945

Valéria Jacó da Silva

Resumo


Este artigo foi escrito com a finalidade de apresentar pedidos de um grupo de católicos - Alexandre Correia, Sebastião Leme, Gustavo Capanema, Leonardo Van Acker e Theobaldo Miranda Santos -presentes na correspondência do educador católico Alceu Amoroso Lima (1893-1983).Trata-se de abordar o aspecto “sociabilidade” que integra a trajetória de alguns intelectuais, que pode ser investigado nos conjunto de cartas encontrado. Essas missivas passaram por dois tipos de tratamento. O primeiro conjunto - de 25 cartas - se compõe de respostas de Gustavo Capanema, ministro da Educação de 1934 a 1945, a pedidos recebidos por Alceu Amoroso Lima e por ele encaminhados ao ministro. Buscamos analisar-lhes o conteúdo, essencialmente pedidos de ocupação de cargos públicos. Um segundo conjunto - de 15 cartas - é de pedidos feitos diretamente a Alceu Amoroso Lima. Devido à diversidade dos assuntos, foi preciso uma leitura mais específica de cada carta. A análise dos dois conjuntos permite afirmar que a correspondência foi fundamental para o estreitamento dos laços entre os intelectuais católicos e para o prosseguimento do projeto de ampliação do espaço de sua atuação na sociedade brasileira no período destacado - 1928 a 1945.

Palavras-chave: História da educação; História de intelectuais; Alceu Amoroso Lima.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1984723816302015104

Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com