Retorno sobre Os herdeiros de Pierre Bourdieu e Jean-Claude Passeron

Philippe Masson

Resumo


Os herdeiros de Pierre Bourdieu e Jean-Claude Passeron se tornou um “clássico” da sociologia francesa da educação. Este artigo apresenta o lugar desta obra na sociologia da educação renascente no início dos anos 1960, momento em que grande parte dos trabalhos tratava da democratização do ensino. Nele são analisados os modos de coleta e de tratamento dos dados adotados pelos autores de Os herdeiros. Se o modo de coleta dos dados parece muito artesanal, o modo de tratamento dos mesmos apresenta uma certa inovação em relação às pesquisas anteriores. Os herdeiros revela, finalmente, alguns dos traços da história da sociologia francesa nos anos sessenta.

Palavras-chave: Os Herdeiros; Pierre Bourdieu e Jean-Claude Passeron; Sociologia da Educação; 1960.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1984723815292014092

Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com