A contribuição do acervo de memória oral do ecirs/ucs para a história da educação

Jordana Wruck Timm, Lúcio Kreutz

Resumo


O presente texto tem por objetivo falar sobre um acervo importante da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Trata-se de um projeto denominado Elementos Culturais das Antigas Colônias Italianas da Região Nordeste do Rio Grande do Sul (Ecirs). Pretende-se, também, salientar a contribuição do Ecirs nas pesquisas em História da Educação, no que compete ao processo de escolarização na Região Colonial Italiana (RCI). Nele são apresentadas as pesquisas originárias de entrevistas realizadas pelo projeto Ecirs, que compõem o seu acervo. O método baseia-se, sobretudo, na história oral, esclarecido e embasado nas teorias de Alberti (2004, 2005), Amado e Ferreira (2006) e Vidal (1998). Conclui-se que o acervo de memória oral do Ecirs trouxe grandes resultados para a história da educação. Dele, destacam-se as entrevistas referentes à escolarização de imigrantes italianos, residentes ou que lecionaram na RCI, que serviram de base e inspiração a muitos pesquisadores.

 

Palavras-chave: Ecirs/UCS; Acervo de memória oral; História da Educação.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1984723815282014200

Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com