Propostas do professor Pedro Fortunato para a escolarização da criança na província do Paraná (1867-1880)DOI: 10.5965/1984723814262013112

Juarez José Tuchinski dos Anjos

Resumo


Tomando por fontes privilegiadas duas correspondências de um professor público primário e o livro de matrículas de sua escola, o objetivo do artigo é verificar como a educação da criança foi pensada por um professor público na cidade da Lapa, Província do Paraná, a partir de sua experiência docente, entre os anos de 1867 e 1880. O número mínimo de alunos em uma escola, o tempo de duração dos trabalhos escolares, a idade apropriada para a escolarização, o problema do provimento de materiais para meninos pobres e a necessidade de instrução para escravos e ingênuos são os temas sobre os quais discorre e que evidenciam a centralidade que conferia à criança no processo de escolarização.

Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com