A Nacionalização no Contestado, Centro-Oeste de Santa Catarina, na Primeira Metade do Século XX
Nationalization in Contestado, Central-West Region, Santa Catarina, in the First Half of the 20th Century

Nilson Thomé

Resumo


Breve estudo sobre o tema da “nacionalização” quando da aplicação de medidas repressoras ao uso da língua estrangeira e às escolas étnicas existentes nas vilas e núcleos coloniais também na Região do Contestado, no Centro-Oeste do Estado de Santa Catarina, verificado na primeira metade do Século XX, apreciado em suas duas etapas, a primeira antecedendo a deflagração da I Guerra Mundial e, a segunda, com maior intensidade, durante o Estado-Novo e a II Guerra Mundial. O ensaio associa as iniciativas governamentais de combate ao nazismo e ao fascismo, e a repressão das autoridades brasileiras e catarinenses ao uso cotidiano das línguas de origem – principalmente alemã, italiana, polonesa e ucraniana – para difundir a nacionalidade brasileira nas escolas étnicas e a condenação generalizada à “italianitá” e à “deutschum”. O texto enfoca a universalidade do tema, em nível de Brasil, para alcançar a particularidade e analisar sua singularidade no campo regional.

Palavras-chave: Santa Catarina. Região do Contestado. Imigração. Escola. Étnica. Linguagem. Nacionalização.


Abstract: A brief study on the issue of "nationalization" at the time that it was implemented repressing measures to usage of a foreign language and to ethnic schools in small towns and core colonies in the Region of Contestado, in the central- west of the state of Santa Catarina, and observed on the first half of the 20th century, focusing in two stages: the first one, it refers to the outbreak before the I World War and, the second one, with greater intensity, during the New-State and the II World War. The present paper associates the government initiatives to fight Nazism and Fascism, and the repression of the Brazilian and Santa Catarina’s authorities to the usage of foreign languages on daily basis - mainly German, Italian, Polish and Ukrainian – in order to spread the Brazilian nationality in ethnic schools and the condemnation of 'Italianitá' and 'deutschum`. This text focuses on the universality of the topic in Brazilian in order to reach particularity and to analyze its uniqueness in the regional field.

Keywords: Santa Catarina. Contestado Region. Immigration. School. Ethnic. Language. Nationalization.


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com