Políticas públicas para a formação do educador infantil pós-ldb/96: questionamentos e proposições
Childhood teacher education and the public policies after national education law (ldb): questions and propositions

Shirley Elziane Diniz Abreu, Adelaide Alves Dias

Resumo


Este trabalho analisa as políticas de formação do educador infantil. Reflete sobre o papel do Estado brasileiro na formulação de políticas educacionais.  Argumenta que é necessário aliar políticas de formação a políticas efetivas de valorização do educador. Entende a formação como um processo contínuo de busca da qualidade da educação contrapondo-se à idéia da capacitação por meio de cursos rápidos e modulares ou do treinamento em serviço. Afirma a necessidade de investimento em políticas sociais comprometidas com a melhoria do atendimento à infância, entre elas, a educação infantil, entendida como direito da criança.

 

PALAVRAS-CHAVE: Políticas Públicas. Formação do Educador. Educação Infantil

 

This paper analyses the policies concerning childhood teacher education. It reflects upon the role of the Brazilian State in devising educational policies. It argues that it needs to ally training policies to those that effectively value the educator. It holds that training is a continuing process in search of a better education thus opposing the idea of short term and module courses, as well as in service training. It states the need to invest in social policies engaged in improving childcare, including child education as a child’s right.

 

KEY WORDS: Public policies. Teacher Education.Child education.

 


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com