A sinalização da avenida Paulista como prática projetual

Wilma Ruth Temin, Roberto Temin, Cristiane Aun Bertoldi

Resumo


O escritório paulistano Cauduro/Martino começou suas atividades em 1964 e depois de cinquenta anos dissolveu-se. Um de seus projetos premiados foi o planejamento visual urbano para a avenida Paulista. O objetivo deste artigo é, ao analisar o projeto de sinalização da avenida, evidenciar o seu processo projetual. O escritório, ao redefinir o problema apresentado pelo cliente, ampliou a problematização e entendeu o cenário como um todo inter-relacionado. Os designers criaram então parâmetros para elaboração de um sistema único que atendesse a pedestres e motoristas e suas diferentes necessidades de informação, ao se localizar e ao se movimentar. O escopo do trabalho compreende um breve histórico do escritório; a apresentação do problema e sua reformulação, a elaboração de parâmetros e a solução do projeto de sinalização e seus elementos para identificação da linguagem única e da solução organizacional. E para realizar sua importância, abrange também a comparação com a paisagem atual.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/2316796308152019020