Aldo Beck: a narrativa visual de uma cidade e sensibilidade moderna

Sandra Makowiecky

Resumo


A cidade de Florianópolis na década de 50 sentiu os ares da modernidade e ainda demonstrava um caráter pouco afeito às inovações. Por outro lado, dentro desse processo que reivindica a inserção da cidade na onda da modernização que percorre todo o país, apa- rece outro discurso que vai marcar a peculiaridade da cidade e de sua formação cultural, social e histórica, presente nas obras de artistas e intelectuais. Vemos em Aldo Beck uma tradição de narrador visual da cidade, aquele que sonha com o que ela já foi, conta as suas pregas e rugas enquanto elas não morrem, e assim, salva-as do esquecimento. O quanto isto tem de moderno, é o que nos propomos a avaliar neste trabalho.

Palavras-chave


Florianópolis; Aldo Beck; narrativa visual

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1808312904062009176



Direitos autorais 2009 Sandra Makowiecky

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Indexadores, diretórios e bases de dados

                   


Revista DAPesquisa - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

Email: dapesquisa@gmail.com       

ISSN 1808-3129

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Software de verificação de originalidade e prevenção de plágio