Um olhar sobre CTS: análise dos livros didáticos de química do PNLD 2015

Lucas Ribeiro Laia, Rubia Ana Millnitz, Tatiana Comiotto

Resumo


Os Livros Didáticos (LDs) possuem função essencial no âmbito escolar, seja ela como material de consulta/apoio para professores ou a realização de atividades extraclasse e pesquisa. Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) preveem o desenvolvimento de uma educação balizada por princípios tecnocientíficos e formativos da cidadania. Neste contexto, a utilização de Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) nos livros didáticos (LDs) é uma ‘ferramenta’ que propicia a formação do caráter estudante-cidadão. Neste trabalho foram avaliadas as quatro coleções de química para o Ensino Médio, aprovados pelo Plano Nacional do Livro Didático (PNLD) de 2015. Com o objetivo de analisar a temática CTS, buscou-se verificar a contextualização nos LDs. Para a avaliação, elaborou-se um instrumento de análise que apresenta critérios fidedignos do caráter CTS, onde cada um dos itens da planilha foi atribuído notas de zero a quatro, gerando ao final uma nota para cada uma das coleções. Os resultados obtidos apresentaram a predominância da fragmentação CTS ou um caráter pouco investigativo, em três obras analisadas. Apenas uma obra apresentou satisfatoriamente CTS, de acordo com os critérios considerados pela planilha.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Murilo; et al. Ser Protagonista. 2. ed. v. 3. São Paulo: Edições SM, 2013. 280 p.

BACHELARD, Gaston. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento, 1938. Tradução: Estela dos Santos Abreu. 1. ed. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996. 316 p.

BECHARA, Etelvino J. H.; VIERTLER, Hans. Criação e consolidação da sociedade brasileira de química (SBQ). Química Nova, São Paulo, v. 20, 1997.

BRASIL. Decreto nº 91.542, de 19/8/85 Institui o Programa Nacional do Livro Didático, Dispõe sobre sua Execução. Disponível em: . Acesso em: 22 de jun. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Base nacional comum curricular. Brasília, DF: MEC, 2015. Disponível em: < http://basenacionalcomum.mec.gov.br>. Acesso em: 16 jun. 2015.

CASSIANO, Célia Cristina Figueiredo. O mercado do livro didático no Brasil: da criação do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) à entrada do capital internacional espanhol (1985-2007). Tese (Doutorado) apresentada à comissão organizadora de Pós-Graduação Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP. 2007. São Paulo, 2007.

MENESTRINA, Tatiana Comiotto. Concepção de ciência, tecnologia e sociedade na formação de engenheiros: um estudo de caso das engenharias da Udesc Joinville. Tese (Doutorado) apresentada à comissão organizadora de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. 2008. UFSC, Florianópolis, 2008.

MÓL, Gerson; et al. Química Cidadã. 2. ed. v. 1. São Paulo: AJS, 2013. 320 p.

MORTIMER, Eduardo Fleury. A evolução dos livros didáticos de química destinados ao ensino secundário. Em Aberto, v. 7, n. 40, p. 25-41, 1988.

PARREIRA, Sofia Alexandra Nunes. Perspectiva CTSA (Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente) no ensino das ciências. Dissertação (Mestrado) apresentada à comissão organizadora de Pós-Graduação do Instituto Politécnico de Bragança. 2012. 88 f. Escola Superior de Educação, Bragança, 2012.

PINHEIRO, Nilcéia Aparecida Maciel; SILVEIRA, Rosemari Monteiro Castilho Foggiato; BAZZO, Walter Antonio. Ciência, Tecnologia e Sociedade: A relevância do enfoque CTS para o contexto do Ensino Médio. Ciência e Educação, São Paulo, v. 13, n. 1, p. 71-84, 2007.

PRAIA, João; CACHAPUZ, António. Ciência, Tecnologia- Sociedade: um compromisso ético. Revista CTS, Buenos Aires, v. 2, n. 6, p. 173-194, dez. 2005.

SANTOS, Sandra Maria de Oliveira. Critérios para avaliação de livros didáticos de química para o Ensino Médio. Dissertação (Mestrado) apresentada à comissão organizadora de Pós-Graduação em Ensino de Ciências da Universidade de Brasília. 2006. 234 f. Universidade de Brasília, Distrito Federal, 2006.

SANTOS, Wildson Luiz Pereira dos; MORTIMER, Eduardo Fleury. Uma análise de pressupostos teóricos C-T-S (Ciência – Tecnologia – Sociedade) no contexto da educação brasileira. Ensaio – Pesquisa em educação, São Paulo, v. 02, n. 2, 2002.

REIS, Martha. Química. 1. ed. v. 2. São Paulo: Ática, 2013. 320 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.