A educação projetual no Design de Moda: diretrizes pedagógicas

Maria Celeste de Fatima Sanches

Resumo


O presente artigo apresenta um panorama multifocal de inferências que podem auxiliar o ensino/aprendizagem de projeto na formação de designers de moda. Para isso, toma como arcabouço os resultados de uma pesquisa de doutoramento, construídos e validados no ambiente educacional do Curso de Design de Moda da Universidade Estadual de Londrina. Sintetiza inferências provenientes de levantamentos bibliográficos, análises documentais e investigação-ação em campo, para apresentar o recorte que trata dos posicionamentos pedagógicos para a gestão sistêmica das práticas projetuais em classe. O resultado destas práticas pedagógicas integradoras, sob os parâmetros teóricos dos campos do design, da comunicação e da educação, confirma a diretriz da “aprendizagem significativa” como veículo para o desenvolvimento do pensamento projetual autônomo e consciente.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ANASTASIOU, Lea G. Grade e matriz curricular: conversas em torno de um desafio presente no ensino superior. In: FREITAS, Ana Lúcia Souza de et al. (Orgs.). Capacitação docente: um movimento que se faz compromisso. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010, p.181 - 200.

AUSUBEL, David P. Aquisição e retenção do conhecimento: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano, 2003.

BOMFIM, Gustavo A. Morfologia dos Objetos de Uso: uma contribuição para o desenvolvimento de uma teoria do design. In COUTO, R.M.; FARBIARZ, J.; NOVAES, L. (Orgs.) Gustavo Amarante Bomfim: uma coletânea. Rio de Janeiro: Rio Books, 2014 a. p. 23-32.

______. Fundamentos de uma Teoria Transdisciplinar do Design: morfologia dos objetos de uso e sistemas de comunicação. In COUTO, R.M.; FARBIARZ, J.; NOVAES, L. (Orgs.) Gustavo Amarante Bomfim: uma coletânea. Rio de Janeiro: Rio Books, 2014 b. p. 35-50.

BÜRDEK, Bernhard. História, teoria e prática do design de produtos. Tradução de Freddy Van Camp. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.

CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

DANTAS, Denise; CAMPOS, A. Autonomia projetual: um novo olhar sobre as estratégias de ensino de metodologia de projetos em design.. In: Revista Design em Foco, v. III n.2, jul/dez 2006. Salvador: EDUNEB, 2006, p. 129-141.

EPPLER, Martin. What Is an effective knowledge visualization? Insights from a review of seminal concepts. In: MARCHESE, Francis T.; BANISSI, Ebad. Knowledge visualization currents. New York: Springer, 2013, p 3-12.

EPPLER, Martin; BURKHARD, Remo. Knowledge visualization: Towards a new discipline and its fields of applications. ICAWorking Paper, v. 2, 2004.

LAWSON, Bryan. Como arquitetos e designers pensam. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.

LESSA, Washington D. Linguagem da forma/linguagem visual no âmbito do ensino de design: balizamentos teóricos; tópicos de pesquisa. Arcos Design, Rio de Janeiro, ESDI-UERJ, n. 5, ano 4, n. 2, p. 69-91, dez. 2009.

MONTEMEZZO, Maria Celeste de F. S.; SANTOS, João Eduardo G. dos. O papel do vestuário na interação homem - ambiente. IN: P&D DESIGN, 5, Brasília. Anais. Rio de Janeiro: AEND-BR, 2002.

MORAES, Dijon De. Metaprojeto: o design do design. São Paulo: Blucher, 2010.

_______, Dijon De. Moda, design e complexidade. In: Dorotéia Pires (Org.) Design de Moda: olhares diversos. Barueri, SP: Estação das Letras e Cores Editora, 2008. v. 1, Parte II, p. 155-161.

MOREIRA, Marco Antônio. Aprendizagem significativa crítica. In: MOREIRA, Marco Antonio et al. (Orgs.). Teoria da Aprendizagem Significativa - Contributos do III Encontro Internacional sobre Aprendizagem Significativa, Peniche, 2000, pp. 47-65.

PIRES, Doroteia B. Design de moda: uma nova cultura. In: Dobras. São Paulo: Editora Estação das Letras e cores, v.1, n.1, outubro, 2007. pp. 66-73.

PRESS, Mike; COOPER, Rachel. El diseño como experiencia. Barcelona: Gustavo Gili, 2009.

ROAM, Dan. Tu mundo en una servilleta. Barcelona: Planeta, 2010.

SALTZMAN, Andrea. O design vivo. In: PIRES, D. (Org.) Design de moda: olhares diversos. Barueri, SP: Estação das Letras e Cores Editora, 2008. v. 1, Parte III, p. 305-318.

SANCHES, Maria Celeste de F. Projeto Integrador: uma reflexão para a evolução da sistematização de projeto no ensino de design de moda. Projética. Londrina, v.1, n.1, 101-114, dez. 2010.

SANCHES, Maria Celeste de F. O projeto do intangível na formação de designers de moda: repensando as estratégias metodológicas para a sintaxe da forma na prática projetual. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo/ Doctorado en Diseño, Fabricación y Gestión de Proyectos Industriales) – Universidade de São Paulo/Universitat Politècnica de València. São Paulo/ Valência, 2016.

SANCHES, Maria Celeste de F. Moda e Projeto: estratégias metodológicas em design. São Paulo: Estação da Letras e Cores, 2017.

SOUZA, Patrícia M. A moulage, a inovação formal e a nova arquitetura do corpo. In: PIRES, D. (Org.) Design de moda: olhares diversos. Barueri, SP: Estação das Letras e Cores, 2008. v. 1, Parte III, p. 337-345.

VAN DER LINDEN, Júlio S; LACERDA, André. P. Metodologia projetual em tempos de complexidade. In: MARTINS, R. F. e VAN DER LINDEN, J. C. (Orgs). Pelos caminhos do design: metodologia de projeto. Londrina: EDUEL, 2012. p. 83-149.

VASSÃO, Caio A. Metadesign: ferramentas, estratégias e ética para a complexidade. São Paulo: Blucher, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/25944630212018009

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Maria Celeste de Fatima Sanches

Indexadores, diretórios e bases de dados

      

Endereço: Lab. Moda e Sociedade - sala 51 | Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001. 

Email: modaesociedade@gmail.com

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Esta revista é um projeto interinstitucional entre os programas de pós graduação em artes, design e consumo da PPGAV/UDESC, ICA/UFC, PPGD/UFPE e PGCDS/UFRPE, com apoio da Diretoria de Ensino da Abepem.